Conhecendo a Rússia

SOBRE OS TRILHOS DA SIBÉRIA

Acesse o novo blog clicando aqui.

Visit the new blog by clicking in here.

Посетите наш новый блог по етой ссылке: здесь.

Copyright © Conhecendo a Rússia | Design by Ricardo Henrique

Quem sou eu

Tecnologia do Blogger.

DIÁRIO RUSSO - Reportagens

Veje a reportagem feita pelo jornalista Marcelo Torres, do SBT, quando de sua visita à Moscou, cuja intérprete dele foi a Ekaterina e, foi através destas reportagens que, conhecemos, contactamos e ficamos amiga da nossa, também interprete, Ekaterina:









VIAJE!

      VIAJAR é fácil, não requer prática nem habilidade, talento ou competência.  Para sair de casa nada mais precisamos do que desejo e disposição. Viajar com arte - olhando para o destino com a vista desembaçada, com a mente aberta para o mundo e os povos -, isto é o que demanda aprendizado e dedicação.  Os viajantes que assim o fizerem, sempre retornarão melhores do que foram.


     VIAGENS enriquecem o espírito, aprimoram a cultura e acentuam a educação. Conhecer outros países, cidades e povos amplia para o bem nossa maneira de enxergar e compreender o mundo e as pessoas.  Viajando - e observando com sensibilidade o que se vê - nos torna mais complacentes, menos pretensiosos, deslimita nossos horizontes e atenua aquela tendência natural à pretensão e ao preconceito que (quase) todo ser humano carrega consigo. 
    
     NÃO há nada melhor do que viajar conhecendo antecipadamente um pouco da cultura, da história e dos costumes dos lugares que visitaremos.  É a maneira mais eficaz de potencializarmos os prazeres de uma viagem. Quando as planejamos adequadamente,  tudo tende a correr bem e as surpresas revelam-se agradáveis.  Todo o nosso tempo é naturalmente dispendido em conhecer, ver, absorver e aproveitar. Já o tempo gasto na resolução de contratempos decorrentes da falta de planejamento é tempo perdido, dsperdiçado.  Costumo dizer que programar uma viagem é quase tão bom quanto vivenciá-la.
    
     ESCREVER sobre destinos não deve ser apenas recomendar um bom lugar para dormir, onde ir, o que ver, o que comer e como locomover-se.  Guias de viagens precisam conter algo além do que é prático e comum, aquilo que leve o leitor a perceber a essência do lugar, a inspirá-lo, motivá-lo a explorá-lo. Deve promover um destino, um país, a cidade, um povo, sua cultura e seu patrimônio.
   
     TÃO fascinante quanto difícil é escrever relatos que transmitam ao leitor a essência de um lugar. É como querer estimular os cinco sentidos através da escrita e colocar uma cidade numa caixa de fósforos.
   
                OBRIGADO a você, amigo(a), por sua visita e por seus comentários. E boas viagens!

Um comentário:

  1. Adorei a matéria sobre a Russia. So um fa desse país. Estou iniciando o aprendizado da linguagem e o espantoso alfabeto cirilico. Tenho muitos amigos virtuais russos e eles sao muito saudosos e amistosos e atenciosos. O que voce me diz deles pessoalmente? E o clima é muito frio?

    ResponderExcluir

Seguidores